sexta-feira, 21 de outubro de 2016

JONAS SUASSUNA, LARANJA DE LULA



Laranja bilionária
O laranja de Lula, Jonas Suassuna, movimentou 750 milhões de reais entre 2004 e 2016.

É o que mostra um laudo da PF anexado ontem à tarde ao inquérito sobre o sítio em Atibaia.

A Oi, controlada pela Andrade Gutierrez e por Carlos Jereissati (e que comprou a empresa de Lulinha), repassou 76 milhões de reais a Jonas Suassuna.
Duas perguntas:
1 – Jonas Suassuna ainda está solto?
2 – Ele já arrumou um emprego no Uruguai?
Luleco sem fundos
A PF rastreia as contas de Lulinha
Lulinha mora num apartamento de Jonas Suassuna.
O laudo da PF diz que eles nunca assinaram um contrato.
O laudo da PF diz também que o aluguel de um apartamento daquele tipo pode ser estimado em 40 mil reais. Mas Lulinha repassou apenas algumas mensalidades de 15 mil reais a Jonas Suassuna, de modo esporádico:
“Essas transferências não contemplam todos os meses do período de maio de 2014 fevereiro de 2016, assim como seriam em valor inferior à estimativa realizada pelo fisco federal para valor do aluguel do imóvel”.
*Luleco teve uma “movimentação bancária incompatível” com sua renda, de acordo com a PF.
O treinador uruguaio gasta. E gasta muito mais do que ganha.
A PF descobriu que, em 3 de junho de 2013, Luleco fez duas compras com seu cartão de crédito que somaram 56.199 reais. Uns dias depois, ele fez mais duas compras por 31.816 reais. Uns dias depois, outros 36.572 reais.
Dizem os peritos da PF:
“A evolução patrimonial a descoberto atinge valores superiores a 200 mil reais, quantia essa significativa frente à posição patrimonial do investigado”.

·        Arrimo de família


O laranja de Lula, Jonas Suassuna, torrou mais de 400 mil reais por mês em despesas não declaradas. É o que mostra um laudo da PF anexado ao inquérito sobre o sítio em Atibaia.”

“Lava Jato pega Dilma em Pasadena

Dilma Rousseff “tinha conhecimento de irregularidades envolvendo a compra de Pasadena”.
Foi o que disseram os investigadores da Lava Jato à coluna do Estadão, de Andreza Matais.
De acordo com um deles, os argumentos usados pela defesa de Dilma Rousseff “não param de pé”.
Fonte: http://www.oantagonista.com/ 21/10/16 

 


Nenhum comentário:

Postar um comentário